sexta-feira, 7 de setembro de 2007

[ !!!! ] Chega de interrogações !

.
Aqui eu sinto falta
do cheiro do papel,
da tinta da caneta,
dos rabiscos, dos rascunhos
e do motivo pelo qual escrever.

Eu sinto falta dos arrepios,
do beijo na nuca,
do toque nas costas,
das coisas que eu queria esconder.

Eu sinto falta do cansaço,
da chateação, do estresse,
sinto falta daquele blues.
Eu sinto falta de você.


=S
*nostalgia.

Obs: Eu sinto falta de gostar do que escrevo. >/

4 comentários:

alexandre henrique disse...

uma extensão ali, umas rimas que gosto aqui, uma tesoura acolá, uns acordes e dará uma música legal. é uma ameaça sim, pode me processar e levar um print disso como prova xD. gosto das interrogações, mas prefiro exclamações. às vezes não gosto das reticências, aquelas que você usa muitas vezes. os mesmos sentimentos dos quais te falei hoje, na passagem que você me citou como exemplo. e você parece gostar da palavra "nostalgia" quanto parece gostar de escrever. acho que pra você as duas coisas estão tão entrelaçadas, que não consegue saber quando termina uma e começa outra. vou me despedir, mas não vou pontuar. como uma história ainda sem fim

Adrielly disse...

MEODEOSSSS.

Se tem alguém que tem
o dom de entender os outros
é você Alê.

Pelo menos comigo é assim.

;*

Fernanda disse...

Adrielly

Adorei suas poesias.Do cadenciamento, das palavras escolhidas, dos sentimentos externados.
Mas por um narcisismo incrível ainda mais, porque me lembram coisas que já escrevi.Me lembram...eu.
Se eu eu extraio a lu morena, vc me extraiu.

Beijos, lindinha, boa semana!

Lu Morena disse...

Eu gostei, serve?

Gostei de vc ter começado com um Ponto. (pontos me lembram lágrimas, mas eu sou meio maluca)
Senti um cheiro de saudade, que me deu saudade de muita coisa. Saudade é quando a gente sente presentes as ausências e fica com gosto de sal na boa, não é? Então, senti isso.

Bjs