domingo, 2 de novembro de 2008

Sobre Promessas

Foi uma promessa dessas que eu sabia que não cumpriria, nem agora talvez nem depois. Mas eu faria qualquer coisa pra ver aquele brilho nos olhos, faria qualquer coisa pra vê-la sorrir daquele jeito gentil que ela sorri quando ganha o que quer, quando tira de mim qualquer coisa que tenha precisado insistir.
Havia muitas coisas que ela queria que eu dissesse, mas eu não a culpo, também há tantas coisas que eu gostaria de ouvir. E ela sabe o tempo se encarrega dessas coisas, ou de satisfazer os nossos ouvidos, ou de cumprir nossas promessas ou de nos fazer decepcionar a quem amamos.
Eu particularmente acho que o tempo nos dá tempo só pra mostrar que não somos, mesmo, capazes de cumprir com todas as coisas que prometemos.

13 comentários:

Carla Silva e Cunha disse...

ola

É sempre com prazer que por aqui passo e lhe garanto que voltarei.

bem haja

carla

http://www.arte-e-ponto.blogspot.com

carteirodopoente disse...

dry
obrigado pelas palavras
beijos
tadeu
p.s. aqui no computador o sistema operacional é linux : ubuntu.por isso
coloquei os links para a xubuntu,kubuntu..
( os parentes do ubuntu).eu faço também download para rodar direto do cd.

Conde Vlad Drakuléa disse...

"Contrabalançai promessas com promessas e estareis a pesar o nada."
(William Shakespeare) E ele disse isso na semana passada quando ele baixou no Pai Lú, o preto-véio aqui do Castelo para jantar aqui comigo no castelo... Espetáculo de post minha lindíssima amiga! Nossa como és linda!!! Adoro tuas photos, especialmente aquelas do seu rosto!
E como escreves, és genial!!!
Grandes beijos do conde, do Pai Lú, e do tio Shake....
Voei!

tia xuxu disse...

o tempo cura tudo, até a mágoa restante de uma promessa quebrada.

beijos mil, xu!

=***

Cláudia disse...

Obrigada pela visita!
Tb gostei de ler os seus posts! Belíssimas palavras!
Bjs**

impulsos disse...

Talvez não se devessem fazer promessas...

Mais um texto muito bem escrito por ti!

Beijo

Dri Viaro disse...

Oie passei pra conhecer teu blog, e gostei muito
bjs

Camila :) disse...

Eu particularmente acho que o tempo nos dá tempo só pra mostrar que não somos, mesmo, capazes de cumprir com todas as coisas que prometemos
concordoo :) e esse post ficou suuper bom

bejoo

May Carvalho ჱܓ disse...

"o tempo nos dá tempo só pra mostrar que não somos, mesmo, capazes de cumprir com todas as coisas que prometemos."

Essa é a pura verdade!

Beijos

nina disse...

a razao da esperança eh a promessa.
Promessa de algo indefinido q talvez aconteça.

cláudia i, vetter disse...

As palavras consomem por si só; o tempo é o detalhe que as valida, e a impressão do inacabado fica assim, solta...

O cumprir é a fidelidde de um caráter, mas o que dizer se a alma ainda formada não está? Preservação do essencial.

te beijo.

;)

Francine Esqueda disse...

Com certeza!
Beijos e bom resto de semana!

Anônimo disse...

Por que nao:)