quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

" Talvez de tanto egoísmo eu queira, realmente, pedir que você fique. " Raíza Moraes Souza

Talvez por amor, por precisão, talvez por capricho, por medo; da solidão, da noite, do vazio, da ausência, talvez por egoísmo eu queira pedir que você fique. Mas eu não vou. Não vou por orgulho, por desistência, por experiências anteriores, por cansaço, por resistência, ou talvez por amor... pelo meu amor... o amor próprio.

Adri.

6 comentários:

Fernanda disse...

Fora amor de mãe, esse é o melhor que vc vai achar, meu anjo.
Do meu, prometo pouco, mas desse pouco, tira-se um mundo!

Beijo!

Kaká =D disse...

Nossa...
Ameii ter vindo e dado de cara com a minha frase aqui nu seu blog!
Pq mesmo que por motivos diferentes, o nosso egoísmo é o mesmo.
E sempre será!

Te amu
=*

Kaká =D disse...

Errata:
Raíza Moraes SOUSA

Num aprendeu isso ateh hj?
oO
decepção!
doifhsadhfuisdhfiadshufds

O Profeta disse...

Vai ou fica...faz apenas o que te manda o coração...


E a viagem começa
Sem rumo nem distância
Serei timoneiro de alva barca
Pelo rumo da tua lembrança

Mar de sonhos mil
Oceano de tanta contradição
A ternura invade o caminho
Que leva ao teu coração


Bom fim de semana


Doce beijo

Lu Morena disse...

às vezes os motivos são o que menos importa. A gente nunca sabe no que vai dar mesmo...

L u i s P e s t a n a disse...

Já ganhaste algo por orgulho?