quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Sobre insônia.

Uma caneca de chocolate quente, meias, pijama, cobertores, uma poltrona confortável, um CD da Norah Jhones e um namoro conturbado. E ninguém precisa de mais nada pra ter uma puta insônia.

3 comentários:

O Profeta disse...

Os pesares dividem as marés
A idade do ouro ainda tarda
Os anos passam como gotas varridas
Por um tempo que retrata o nada


Convido-te a saborear um absinto no meu espaço
pela Taça de Fino Ouro



Mágico beijo

Kaká =D disse...

Achu q to tendo um problema inverso!
To durmindo em pé ultimamente...
E olha q naum to fazendo nada da vida!

¬¬


=*

Lu Morena disse...

Se você trocar o chocolate quente por uma jarra de café e acrescentar papel e caneta à receita, ela se torna infalível...

Se bem que a minha insônia, por exemplo, é praticamente de graça... mero fruto de pensamentos autônomos e hiperativos!!

Bom carnaval, mocinha!
bjins!