quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Sobre Papéis.

Você perdeu. O que? Você deixou as coisas na minha mão, baby. Deixou que eu retomasse o controle. Vulnerabilidade é uma coisa que eu não suporto. Vamos, levante, tire os joelhos do chão, olhe reto, enxugue seus olhos, faça uma cara de macho, vamos, macho de verdade. Ordene, grite comigo, me dê uma ordem, quem sabe assim você volte a me fascinar. Vai... dá uma de machão. Seja insensível aos meus "eu te amo"s e aos meus apelos melodramáticos. Você sabe, eu faço como ninguém o papel de menina incompreendida. Venha, e me faça voltar ao meu melhor papel.


Obs: Férias.

25 comentários:

Hinu disse...

Escritores tiram férias?! o.O

Carla Silva e Cunha disse...

Ola
tudo bem?
espero que sim

gostava que fosse a

www.avanessaguerradesafio.blogspot.com

e que votasse na minha tela

beijinhos

Carla Cunha

Insolente disse...

e eu kerendo o contrário...xD rola de trocar?

Raíza disse...

Obs.:Eu necessito de ferias!


Vai tah em Udia ateh qdo?

Nadezhda disse...

Perde a grça quando as pessoas aceitam tudo!

Boias férias ;)

Carla Silva e Cunha disse...

ola

hoje passo por aqui para pedir que passe em:
www.avanessaguerradesafio.blogspot.com

e que deixe a sua mensagem no meu quadro.

Feliz Natal
beijinhos

Carla Cunha

Junkie careta disse...

Absolutamente original. É o que mais me fascina na sua escrita. Nunca é óbvio. Vai sempre na contramão.
Tô terminando um texto que você vai odiar.É sobre fazer exatamente o que ele fez:se deixar ver fragilizado.

Adorei.

Layse disse...

Estranho qndo os papéis se invertem, né? Sabe que eu estou passando por uma inversão de papéis atualmente..? Etranho, muito estranho! ;)
Obs.: Concordo com a pessoa ali de cima... escritores tiram férias?

Nina Vieira disse...

Adoro papeis. De todos os tipos, formas tamanhos e com tudo de bom que tiver escrito. Papeis e boa caligrafia colorem minha vida.

Ferias? Como assim? Vai ficar sem atualizar, carissima escritora?

Kamila disse...

Escritores tiram férias?! o.O [2]
OSOHOAHSOAHOHS

meus instantes e momentos disse...

ótimo como sempre, gosto de te ler.
Gosto de ter o controle, gosto daqui.
Teu blog fascina, é bom voltar aqui.
Maurizio

Carol disse...

Aiai...
Como vc é sexy!
Vixii...
Já to morrendo de saudade. Mas, merecidas férias!

Te amo, e amo tbm, mas tanto qnto amo vc, seus textos[ a la Ana Carolina X Lispector]

BjoooO

JAMES PIZARRO disse...

Grande Natal, com qualidade de vida e paz nos teus afetos. Se não for pedir demais, com muito tesão tb. Adoro teu blog. E te gosto muito tb.
Beijo.

James Pizarro

Moni disse...

hummm eu tbm odeio a sensação de vulnerabilidade hehehe ótimas férias amore... beijos

Mayana Carvalho.♥ disse...

Não exisate nada pior so que homem mole e sem atitude!! ¬¬

Ami o texto! ate me tirou uns sorrisos!!
Husahduhdusahu.

Beijos

Camila :) disse...

nossa quee deu vbontade de gritar tdo iso q vc disse ae
axeeei bem massa,

bejoos

Conde Vlad Drakuléa disse...

Puxa sinto muito Adri, pelo fato da sua viagem à Santos não ter dado certo... Mas não fica triste não, haverão outras viu? Excelente texto como sempre... Espero que ainda consigas viajar até o Reveillon, quem sabe? Beijos do conde, Feliz Natal e Reveillon e anime-se :)

meus instantes e momentos disse...

passando de novo apenas para te desejar um feliz Natal e um 2009
com tudo q vc deseja,
Maurizio

Robin K disse...

Gosto muito do blog e das suas ideias.

Boas festas.

Robin K

Dani disse...

Quando aceitamos tudo perdemos a graça de tudo.

minicontosperversos disse...

Adrielly, linda:

Nosso cartão de fim de ano, como era de se imaginar, está lá no blog.
Espero que você goste!
Beijo!

http://minicontosperversos.blogspot.com/

cláudia i, vetter disse...

mas acontece que as pétalas são frágeis, minha doce; fora tua fertilidade quem permitiu - e a raiz é sempre inexata, porém esencial.

como papéis passados, um desejo solto de felicidade passa por minha caligrafia, deixando os sintomas de bem-querer(-te)!

obrigada por tua presença; aproveite!

;************

Alan... disse...

Como bom capricorniano, confesso que gosto de estar no controle... Mas nã há nada mais broxante que ter um pamonha sem atitude ao lado ¬¬

Abs!

D.Ramírez disse...

Muito legal aqui..volto

besos

Sergio disse...

Putz! Esse texto só me inspirou isso aqui. Fui busar a letra num piscar. V se não é tudo a ver... Ou melhor, v se não era o que a menina queria ouvir:

Foi você que quis ir embora
Agora volta arrependida e chora
Olhar pedindo esmola
Baby, eu conheço sua escola

Quem sabe eu faço um blues em tua homenagem
Eu vou rimar tanta bobagem

Você é tão fácil, menina mimada...
De enfeites, brochinhos e queixas
Queixas, queixas, queixas...
Foi você mesma quem quis...

Foi você quem quis ir embora
Agora toca a campainha e cora
Diz que esqueceu a sacola
Baby, eu conheço essa história

O cara já está buzinando lá embaixo
Fazendo papel de palhaço
Cheio de flores, promessas

Menina mimada, você é um fracasso!
Cigarros?
Leva o maço
Foi você mesma quem quis...