sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Sobre sonhos.

É isso aí, vamos olhar os nossos sonhos destroçados no chão e lamentar, mais nada. Vamos chorar pelo que ficou pra trás, lamentar o que não virou realidade, deplorar as oportunidades que não tivemos, vamos nos lastimar, mais nada. Já está tarde, não há mais tempo, amanhã sonhamos outras coisas, ou as mesmas. Hoje já não há mais tempo pra planejar outros rumos, calcular novas saídas, tentar de outras formas, imaginar outras vidas. Hoje já não há mais tempo, vamos olhar nossos sonhos destroçados pelo chão, como os nossos corações, e lamentar, mais nada.

7 comentários:

Kaká =D disse...

Não!
Eu gostaria de resgatá-los do chão e tentar com a esperança de uma criança ingênua colar tudo de volta...

=*
amuuuu vc!

Kaká =D disse...

uahauhduashuashfuisd

Transmimento de pensação!

=*

Divinius disse...

Muito bonito:)
A LUZ QUE TE DEIXO É DA COR DA MINHA VIDA:)

O Profeta disse...

Os sonhos perdidos geram novos sonhos ainda mais bonito...não olhes para trás...voa!


Doce beijo

Adrielly Soares disse...

Broken Wings live in vh1

L u i s P e s t a n a disse...

Porque não levantas os sonhos?

Lu Morena disse...

Às vezes eu invejo os otimistas de carteirinha, que ao verem os sonhos moribundos logo sentem o ímpeto de reanimá-los. Acho que o nome disso é esperança, né?!
Eu já fui uma otimista, uma esperançosa... Mas atualmente, não tenho ânimo nem pro pessimismo. Diante de sonhos destroçados, nem tenho mais ação. Apenas os observo, nem mais lamento... ai ai! "A gente se acostuma com o fim do mundo" (é o título de um livro do Martin Page, achei que tinha muito a ver com o comentário, mas agora perdi a linha de raciocínio... rs! Ngm merece!)
Adorei esse texto (óh, novidade!). Ficaria ótimo como legenda pra uma foto artística, em sépia. Sei lá.
É um texto que eu escreveria na minha parede. E isso foi um elogio!
Bjos!